Cuidados na gestão de frotas

 

Trabalhar com gestão de frotas não é uma tarefa fácil. São muitos os cuidados e questões que o gestor deve estar sempre atento para que os veículos ofereçam um bom rendimento sem gerar prejuízo para a empresa.

 

Além da elaboração de estratégias e treinamento de condutores, as organizações também devem investir em produtos capazes de otimizar o gerenciamento de veículos, como os dispositivos de telemática GO7 e GO9 da Geotab, sendo que manter contato com os funcionários móveis é essencial para uma gestão eficiente e segura.

 

Entre os pontos a serem administrados estão aspectos relacionados aos motoristas, tecnologias implementadas, recursos, manutenção de frotas, entre outros. Com todas essas questões bem direcionadas, a empresa está um passo à frente para obter a excelência necessária para se destacar no mercado.

 

Chegou a hora de você descobrir quais são os principais cuidados que devem ser adotados durante a gestão de frotas. Veja as dicas que separamos e prepare-se para as aplicar no cotidiano da sua empresa. Confira!

 

O que é a gestão de frotas?

 

Antes de começar, é importante esclarecer o que define a gestão de frotas.

 

Ela se refere à atividade de gerenciamento de veículos de uma corporação, baseada em processos como: controle de recursos, manutenções, controle de quilometragem, identificação e gestão de motoristas, entre outros.

 

Não necessariamente, o termo “frota” é aplicado somente para empresas que possuem uma grande quantidade de veículos, sendo que um pequeno negócio com apenas 2 ou 3 veículos já necessita de planejamento e gestão de suas frotas.

 

Se dedicar à gestão de frotas significa estar atento às demandas do mercado e demonstrar empenho quanto à potencialização de resultados e melhorias no ambiente de trabalho. Atualmente, o controle de frotas tem se consolidado como um setor estratégico e importante para os negócios, pois garante impactos positivos à relevância da empresa, além de transmitir mais segurança para condutores e funcionários.

 

Pontos importantes na gestão de frotas

 

Alguns cuidados são essenciais para um bom gerenciamento de veículos, não oferecer devida atenção a eles pode prejudicar o desempenho da empresa, gerando custos extras e danos aos veículos, além de colocar em risco a segurança dos trabalhadores. Seguem os principais pontos que o gestor de frotas não deve deixar passar. Veja:

 

Manutenção de frotas

 

Para que o trabalho desenvolvido pela empresa através dos veículos seja feito com qualidade, é necessário que as frotas estejam sempre em boas condições. Sendo assim, monitorar o estado dos veículos é uma das atribuições do gestor.

 

O profissional deve avaliar todas as variáveis que envolvem a frota. Dessa forma, são evitados problemas de grande dimensão e gastos imprevistos. Para isso, é importante que haja um planejamento com manutenções preventivas, capazes de identificar possíveis falhas e evitar dores de cabeça futuras.

 

Não se esqueça de verificar a condição das peças e aplicar os ajustes necessários. Com isso, a vida útil de caminhões e carros da empresa poderá ser prolongada, além de oferecer economia e mais segurança.

 

Uso da tecnologia

 

A tecnologia é o principal aliado para uma gestão de frotas eficaz. O uso de softwares e dispositivos de telemática como o GO7 e GO9 é essencial para que o gerenciamento de veículos seja feito de forma precisa, com todas as informações necessárias.

 

O gerenciador de frotas VDO On Board, por exemplo, oferece ótimas funcionalidades, tais como, localizar veículos, verificar falhas e problemas da frota, apurar informações sobre jornada de trabalho de condutores, além de analisar a conduta de motoristas em trânsito. A ferramenta também disponibiliza relatórios completos de forma inteligente.

 

Sem a tecnologia, o monitoramento de veículos seria uma atividade muito mais difícil e imprecisa, sem contar os riscos que os trabalhadores estariam expostos sem a garantia de segurança. Com o rastreamento veicular em tempo real por meio de equipamentos de telemática, a empresa fica menos vulnerável a furtos e roubos.

 

Gastos com combustível

 

O combustível é um fator determinante para as atividades desenvolvidas pelas frotas. Prezar pela qualidade do mesmo é algo básico, uma vez que adquirir um produto inferior pode prejudicar o veículo e gerar gastos extras. A solução é economizar durante a gestão desse recurso, através de um controle sobre o seu uso e gasto.

 

Para isso, é possível identificar rotas mais econômicas, estimar o consumo médio de cada veículo e comparar o gasto de cada frota com a rota percorrida, assim como com o perfil de condução de cada motorista. Dessa forma, a empresa irá conseguir reduzir gastos excessivos, sem perder em questão de qualidade e desempenho.

 

Conclusão

 

Além dos pontos apresentados, a gestão de frotas também deve se preocupar com a conduta de motoristas em trânsito, promovendo treinamentos e campanhas de conscientização. Se atentar aos impostos também é algo que não pode ser deixado de lado, manter em dia as contas garante a saúde dos negócios e mantém a empresa trabalhando de acordo com a lei.

 

Por fim, contar com parceiros especializados em gestão de frotas e rastreamento veicular pode ser uma oportunidade para que a sua empresa trabalhe com o que há de mais moderno e atual no mercado. Busque por organizações que oferecem dispositivos baseados em telemetria, como os produtos da Geotab, especialista em soluções no ramo. Assim como o gerenciador de frotas VDO On Board que também garante a coleta de dados de forma confiável e detalhada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Related Post